Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lojinha do Abdul

Quinta-feira, 12.04.07
Um engravatado entra na lojinha do Abdul, no Martim Moniz, em Lisboa e    olha com desprezo para o balcão escuro, as roupas penduradas em  ganchos.

Abdul irrita-se com o desprezo do tipo e resmunga:

- Está a olhar para a loja do Abdul com cara de parvo porquê?! Com    esta lojinha, Abdul tem apartamento no Cascais, tem apartamento no  Algarve, tem casa no Chiado, tem quinta no campo, tem filho a estudar medicina nos Estados Unidos, tem filha estudando moda em Paris. Tudo  só com lojinha!

- Bom dia, eu sou fiscal das finanças!

- Muito prazer! Eu Abdul,  sou o  maior mentiroso do Martim Moniz...

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 21:11







comentários recentes