Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



SETI@home ... Et's existem ou não?

Sábado, 10.11.07

Eu acredito que não estamos sozinhos neste ENORME Universo, por isso mesmo acredito que existam outras civilizações umas mais atrasadas que a nossa e outras muitos mais avançadas.

Já presenciei a factos invulgares e talvez por sorte a minha não fui o único a ver algo de estranho no céu.

O que era não sei mas com toda a certeza era um Objecto Voador Não Identificado OVNI ), pelo menos para mim.

Para os mais cépticos normalmente faço-lhes a pergunta: " - Como é que se explica que à cerca de 3 mil anos atrás, o povo egípcio gravara nas paredes imagens de Helicópteros e de aviões tal e qual como os nossos de hoje em dia? "

É estranho, mas ninguém me sabe responder.

 

"(...) O projeto SETI@home foi criado e tem como finalidade vasculhar os céus à procura de algum sinal de rádio artificial vindo do espaço, ou seja, extraterrestre. Se um dia conseguirmos isso, então saberemos que não estamos sozinhos no Universo. Teremos feito contacto .

Logicamente, não se trata de um trabalho simples. Quando se fala em procurar sinais com radiotelescópios , é algo como procurar uma agulha num enorme palheiro.

O problema aqui é que todo esse poder de computação está acima do alcance de qualquer organização privada ou governamental; somente a associação de milhares - ou mesmo milhões - de voluntários e seus computadores domésticos poderá agregar esse poder.

O Observatório de Arecibo, uma ilha situada em Porto Rico, na América Central, o radiotelescópio tem uma potência espetacular para "ouvir" sinais provenientes do Universo. Através da Internet, com o software desenvolvido em conjunto por programadores e empresas de informática de todo o mundo - chamado Seti@Home -, um internauta dedicado pode fazer parte do esforço. O SETI é patrocinado por grandes empresas, como Sun Microsystems, Fujifilm, Infomix e Paramount Pictures, Engineering Design Team e pela Universidade de Berkeley, que sempre foi pioneira no apoio a causas científicas de vanguarda.

Quantas vezes na vida já ficamos com o ouvido colado em um daqueles rádios antigos e enormes? Pois agora qualquer pessoa que tenha um computador - pelo menos um Pentium - e esteja ligado à Internet terá a oportunidade de procurar a freqüência de rádio de alguma civilização extraterrestre. Os interessados podem participar dessa iniciativa inédita na História, lançada recentemente pelo projecto Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI), ou "busca por inteligência extraterrestre", e fazer parte de um grupo mundial de pessoas que procuram um vizinho no Universo. (...)"

Quem estiver interessado, clique no endereço seguinte e boas "caçadas"!

http://setiathome.ssl.berkeley.edu/

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 23:44







comentários recentes