Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Proibido FUMAR

Quinta-feira, 03.01.08

Boas. Estou com uma enorme vontade de falar sobre este tema, pois sou fumador.

Perdoem-me os não fumadores mas esta nova lei em certos pontos e aspectos não está certa.

Estava à espera que esta nova lei entrasse em vigor para poder falar sobre ele.

 

Acho que "nem tanto ao mar, nem tanto à terra". Acho bem que nos restaurantes não se fume, pois incomoda não só os fumadores como os não fumadores. A comida até parece que perde o sabor, lá isso é verdade.

 

Mas será que não poderiam dar a escolher aos proprietários dos estabelecimentos, como os das pastelarias, se se pode fumar ou não?

 

Será que os fumadores são os maiores criminosos à face da terra?

 

Será que é por causa dos fumadores que existem tantas mortes na estrada?

 

Porque não fazerem esta regra em relação ao alcool?

 

Pergunto-me... Se eu for a um restaurante e que me digam que não posso fumar, eu concordo e "saco" de uma seringa e injecto-me ali mesmo em frente a toda a gente, se calhar deixo de ser criminoso e passo a "coitadinho" e ainda me levam a refeição até às inumeras salas de chuto que existem por este País fora !!!?

 

Poderia continuar a escrever, mas penso que já devem ter percebido a minha ideia.

 

Um Abraço

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 15:37


7 comentários

De mudeidevida a 03.01.2008 às 17:24

Olá,

Sou leitora assidua do teu blog. E desta vez não pude deixar de comentar.
Concordo plenamente contigo. Ainda ontem ouvi alguem dizer que se não criam sala de xuto porque não criam salas de fumo. Tambem sou fumadora e hoje tive que ir para a rua fumar.

De TS a 03.01.2008 às 17:34

Amem!!! Sei que por ser fumadora a minha opiniao tambem nao vai contar muito mas tenham la atençao nos fumamos nao matamos nem roubamos ... Ao menos que nos permitam fumar sem apanhar chuva e frio ou calor. Merecemos um minimo de comodidade tal como os nao fumadores.

De phia_t a 13.02.2008 às 15:28

Costumo dizer sempre q td o q é levado ao extremo é mau... seja o q for... não havia necessidade d uma perseguição TÃO grande aos fumadores! Se os não-fumadores têm direitos os fumadores tb os têm...
(e devo acrescentar q estou em "processo progressivo de não-fumadora" - quase há 2 meses sem fumar!!!!!)

De Armando Macatrão a 30.08.2011 às 02:16

O problema é que os cigarros estão a contribuir e muito para o problema do aquecimento global. Os cigarros poluem a atmosfera com gases tóxicos. A Atmosfera não pertence aos fumadores; pertence à Humanidade às plantas e aos animais. Os gases tóxicos produzidos pelo tabaco estão a contribuir para o desaparecimento de muitas espécies. Além de causar cancros em todos os seres vivos, os gases do tabaco que estão a poluir o planeta e também estão a contribuir para a morte de todos os seres vivos. Deram-nos uma casa maravilhosa para nela habitar-mos e alguns de nós só a querem suja. Se houvesse apenas uma pessoa e não outros seres vivos a habitar o planeta, então essa pessoa poderia fazer o que quisesse, mas como a Terra é habitada por outros seres vivos, quem fuma não tem o direito de dizer que lhe apetece poluir o que pertence também aos outros. Quem defende o direito de fumar não está a pensar em mais ninguém senão nele próprio; a isso chama-se egoísmo ou então não faz a mínima ideia de como a vida no planeta funciona.

De Rastr a 30.08.2011 às 09:49

Bom dia Sr. Armando. Os meus parabéns pois vejo que o senhor leva uma vida totalmente ecológica. Muito bom não andar de carro ou outros transportes poluentes ( os MAIORES contribuidores para o buraco OZONO), não joga nenhuma matéria para o chão... nunca... jamais. Também não anda em veículos de tracção animal, pois estes sujam por onde passam e não o estou a ver com uma pá constantemente a apanhar a "caca" dos bichos, que ao fazer no lugar errado, estão a poluir e muito esta "casa maravilhosa". Gostaria é de saber com o quê que se alimenta? Não come carne pois não? Os animais não têm culpa da sua fome voraz e de só pensar em si, pois não? E não me diga que é vegetal, pois a maior parte dos animais alimentam-se de vegetais e mais uma vez, eles não têm culpa!?
Mas se calhar é daquelas pessoas que aprecia uns bons copos e de seguida vai a conduzir alcoolizado para casa, em risco de matar pessoas totalmente inocentes ou mesmo que vá a pé alcoolizado põe em risco os outros que têm que se desviar de si...!!!
Aprenda a pensar antes de falar, pois tínhamos aqui panos para mangas!

De Rastr a 30.08.2011 às 09:52

VEGETARIANO não VEGETAL

De Armando Macatrão a 30.08.2011 às 19:09

Boa tarde. Por acaso tenho pena de meus pais não terem sido vegetarianos e tenho pena de ainda não haver carros eléctricos a preços democráticos. Pode cre que dormiria muito melhor sabendo que não estava a degradar o ambiente. Ando de carro porque não tenho alternativa, mas anseio o momento em que hei-de ter um carro elétrico. Não fumo porque polui o ambiente e mata precocemente. Muitos dos meus vizinhos que fumavam, morreram de cancro de pulmão em menos de três meses após terem contraído o mal. Tenho um vizinho que está acamado com um cancro de pulmão. Tem cerca de 60 anos e era fumador. Também não bebo porque o álcool envelhece o corpo, destrói neurónios e outros tecidos e é uma das desgraças da Humanidade. Eu estudei bioquímica, biologia, ecologia, fisiologia e muitas outras disciplinas terminadas em -ia, por isso não falo só por falar. Cedo me apercebi do mal que traz a famílias (destrói por completo famílias inteiras), cedo vi pessoas embriagadas, tipo farrapos humanos pelas ruas, a espancar as mulheres, os filhos, a partir a mobília e a morrerem de cirrose. Cedo pensei que não era aquele o caminho que eu queria para mim. Tenho um primo que se ria de mim quando eu lhe dizia que fomos feitos para beber líquidos como a água e não vinho ou outras bebidas alcoólicas. Ele ria-se de mim. Hoje, tem a pele muito escura, está esquelético, pois está a morrer de cirrose. O álcool é a pior droga que se conhece e continua a matar pessoas inocentes. A Humanidade seria mais feliz sem essa bebida. Não bebo nem fumo. Sempre cuidei do meu corpo. Pratiquei atletismo por não ser um desporto poluente e saudável. Pratiquei Taekwondo, tenho um caiaque: não tenho barco a motor! Passeie durante inúmeros fins fe semana de bicicleta (eu vivi em vancouver, BC. Canadá e a sua 'seawall' do Stanley park é maravilhosa para nela andarmos a passear. Também não utilizo aqueles químicos empacotados aos quadradinhos, muito venenosos, nas sanitas das casas de banho porque não quero contribuir para envenenar os peixes dos rios e dos mares. Não senhor, sou poluidor pela inevitabilidade de ter nascido em 1957 e a tecnologia até hoje não ter sido capaz de filtar os venenos que lançamos para a atmosfera, para a terra e para o mar. Tento poluir o planeta minimamente enquanto nele habitar. Há dias construí um género de parabólica para ferver água para o café. Tento poupar na energia elétrica. Estou a uilizar a energia do sol para aquecer a água do meu banho. Levo o meu carro para o trabalho, de vez em quando passeio nele. A vida que temos hoje não nos permite sobreviver sem poluirmos o ambiente. O que eu não faço é poluir o ambiente pelo simples prazer de poluir: fumar não é necessário à nossa sobrevivência; usarmos químicos nas sanitas para que cheirem bem, mas que estão a envenenar as nossas águas não é comigo. Enfim. Sou tanto poluidor como qualquer ser humano deste planeta com uma diferença de muitos: tento minimizar a minha pegada ecológica. Enfim, acho que não se enganou muito a meu respeito. Mas para que fique a saber que tudo o que aqui escrevi é verdade, gostaria que consultasse o seguinte blogue: http://galeriapoex.blogs.sapo.pt Sou pela transparência e por isso não tenho nada a esconder. Penso que o senhor tal como eu gostaríamos de não poluir o planeta. O que devemos tentar fazer é poluí-lo minimamente. E vá lá, não fique zangado comigo que eu também não estou zangado consugo.

Comentar post







comentários recentes