Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Incêndios

Segunda-feira, 07.08.06

É verdade que a maioria dos incêndios que lavram no nosso País, têm mão criminosa, mas não é menos verdade, que a maioria das habitações que ficam em risco de arder, estão totalmente rodeadas por um extenso matagal. Este, que é um barril de pólvora, ou seja uma autêntica matéria de combustão, em que se arde, muito dificilmente não arderá as casas.

Os principais culpados deste "lixo em combustão" não só são os donos do terreno, que deveriam ser obrigados a limpar uma zona mínima de 50 metros em redor às casas, mas principalmente o nosso governo. Se tomassem as devidas providências, não só preveniam o risco de incêndio, como ajudavam à diminuição de desempregados, pois haveria pessoas a fiscalizar os proprietários e a multarem caso estes não cumprissem com as leis camarárias.

Porque, quando dizem que só acontece aos outros, esquecem-se que os outros somos nós !!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 20:10


3 comentários

De Fábio J. a 08.08.2006 às 13:42

É uma óptima sugestão !
Existem muitas coisas que podiam ser feitas para prevenir os incêndios mas infelizmente quase nada é feito. O Ministério do Ambiente, por exemplo, faz de conta que não tem nada haver com os incêndios , e as populações ficam à espera que alguém faça alguma coisa, ficando de braços cruzados. Todos são culpados isso é que é...
Quando é que as pessoas vão perceber o impacto que os incêndios têm e fazer tudo para acabar com eles?

De cricri a 10.08.2006 às 20:56

É verdade, alguma coisa tem que ser feito! Tantos desastres que acontecem por falta de legislação...E é incrível, com tantos incêndios por ano, parecem cada vez mais, não é feito nada de significativo!

Para piorar ainda há esses "nem-sei-que-lhes-hei-de-chamar " pirómanos completamente doidos a por mais fogos! Será que essa gente não tem nada dentro da cabeça??É só ar e vento??

De cricri a 10.08.2006 às 20:56

Sorry, piromaníacos...

Comentar post







comentários recentes