Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Participação de um Acidente de Trabalho

Terça-feira, 03.10.06

Acidente de trabalho:
Participação do Sinistro
A participação do sinistro, de um acidente de trabalho, que é apresentada foi entregue a uma companhia de seguros em Outubro de 1994.

Efectivamente vale a pena saborear a descrição do acidente , pois quem a fez revela conhecimentos sobre o princípio de funcionamento de roldanas fixas, para além de algums conhecimentos matemáticos, que fazem com que o acidente tenha uma lógica inegável.

"Excelentíssimos senhores,

Sou assentador de tijolos.No dia 8 do passado mês de junho estava a trabalhar sozinho no telhado de um edificío de 6 andares. Quando acabei o meu trabalho , verifiquei que tinham sobrado , mais ou menos, 250kg de tijolos.em vez de os levar à mão para baixo,decidi colocá-los dentro de um bidão e com a ajuda de uma roldana,a qual felizmente estava fixada num dos lados do edifício no sexto andar , fazê-los descer. Desci e atei o bidão com uma corda, depois fui para o telhado e puxei o bidão para cima e coloquei os tijolos dentro dele , em seguida voltei para baixo. Seguidamente desatei a corda e segurei-a com força , de modo a que os 250kg de tijolos descessem devagar... Como eu só pesso 80 kg, qual não foi a minha surpresa quando, repentinamente,saltei do chão,perdi a minha presença de espírito e esqueci-me de largar a corda. É desnecessário dizer que fui içado do chão a grande velocidade.Na proximidade do treceiro andar embati no bidão que vinha a descer ,isso explica a fractura de crânio e a clavícula partida. Continuei a subir a uma velocidade ligueiramente menor , não tendo parado até os meus dedos estarem entalados na roldana . Felizmente que já tinha recuperado a minha presença de espírito e consegui,apesar das dores, agarrar-me à corda. Mais ou menos ao mesmo tempo, o bidão com os tijolos caiu no chão e o fundo partiu-se.Sem os tijolos o bidão pesava ,mais ou menos ,25kg.Como podem imaginar,comecei a descer rapidamente.Então, próximo de terceiro andar,encontrei bidão,que vinha a subir,o que explica a factura dos tronozelos e as lacerações nas pernas,bem como na parte inferior do corpo.O encontro com o bidão diminuiu a velocidade da minha descida,o suficiente para minimizar os meus sofrimentos quando caí em cima dos tijolos.Felizmente só fracturei três vertebras. Lamento,no entanto,informar que enquanto me encontrava caído em cima dos tijolos ,com dores , incapacitado de me levantar e vendo o bidão em cima, perdi novamente a presença de espírito e larguei a corda.O bidão pesava mais do que a corda , então desceu e caiu em cima das minhas pernas partindo-as imediatamente.
Espero ter dado a informação detalhada do modo como decorreu o acidente."

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 20:37


2 comentários

De TS a 04.10.2006 às 10:32

é velha mas nunca perde a graça
Obrigado pelas tuas palavras migo
kuando kiseres estou á tua disposiçao na sala de chat do messenger trintoes pergunta pela TS.

De Fábio J. a 04.10.2006 às 15:53

Com ou sem presença de espirito, só tenho a dizer que o meu espírito ficou mas vibrante depois de ter lido esta gloriosa cara. Lol!
Não há dúvida que há coisas fantásticas na vida, acredito que a pessoa nunca mais se tenha esquecido desta.

Comentar post







comentários recentes