Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Até sempre ...

Quarta-feira, 19.04.06

                

      FRANCISCO ADAM (DINO MAN) 1983-2006

A romaria a Runa começou cedo. Ao longo da estrada de acesso à localidade milhares de jovens, com os livros debaixo dos braços, serpenteavam por entre uma imensa fila de carros em direcção ao centro da freguesia. Muitos foram de comboio, outros de camioneta. Outros, os mais velhinhos, em viatura própria, acompanhados por colegas de turma. Havia gente de Norte a Sul do País. A maioria faltou às aulas. Alguns confessaram que não disseram nada aos pais e que iam pensar numa desculpa quando chegassem a casa.

Uma hora antes da Missa de Corpo Presente, celebrada pelo padre Silva, pároco de Runa, já não cabia ninguém na Igreja de São João Baptista.

O adro também depressa se encheu, bem como toda a zona circundante. A própria estrada que atravessa a vila acabou por ser cortada ao trânsito. A missa, onde o sacerdote pediu “paz eterna para o Francisco”, durou cerca de uma hora e terminou com uma imensa salva de palmas dos presentes, que se estendeu a quem aguardava a urna da parte de fora do templo.

O cortejo fúnebre arrancou por volta das cinco da tarde, em direcção ao cemitério de Runa. Um mar de gente seguiu atrás dos três carros funerários – dois transportavam coroas e ramos de flores, o último a urna do actor de ‘Morangos com Açúcar’. Uns rezavam, outros, comovidos, caminhavam em silêncio, de lágrimas nos olhos.

Todo o elenco da série ‘Morangos com Açúcar’ esteve presente, integrando o cortejo. Os fãs mais novos exibiam posters de ‘Dino’. Quase todos levavam flores, ramos de rosas ou margaridas.

A encosta fronteira ao cemitério já estava apinhada de gente quando os carros funerários entraram. Com eles, familiares e amigos.

A cerimónia foi breve, mas sentida. A urna desceu à terra, repetindo-se o aplauso que marcou o início do enterro, mas agora com mais força.

Desfeitos em lágrimas, familiares e amigos de Francisco foram abandonando o cemitério, à medida que a multidão aguardava, ordeiramente, a sua vez para o último adeus ao ‘Dino’, que encontrou a morte na Estrada Nacional 118, em Alcochete, na madrugada de domingo, ao volante da sua viatura.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 22:02







comentários recentes