Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


História de Portugal em poucos minutos

Segunda-feira, 12.07.10

Caros estudantes isto não resposta para testes, muito menos exames nacionais !!!

 

 

 

Tudo começou com um tal Henriques que não se dava bem com a mãe e acabou por se vingar na pandilha de mauritanos que vivia do outro lado do Tejo.

 

Para piorar ainda mais as coisas, decidiu casar com uma espanhola qualquer e não teve muito tempo para lhe desfrutar do salero porque a tipa apanhou uma camada de peste negra e morreu. Pouco tempo depois, o fulano, que por acaso era rei, bateu também as botas e foi desta para melhor.

 

 Para a coisa não ficar completamente entregue à bicharada, apareceu um tal João que, ajudado por um amigo de longa data que era afoito para a porrada, conseguiu pôr os espanhóis a enformar pão e ainda arranjou uns trocos para comprar uns barcos ao filho que era dado aos desportos náuticos.

 

 De tal maneira que decidiu pôr os barcos a render e inaugurou o primeiro cruzeiro marítimo entre Lisboa e o Japão com escalas no Funchal, Salvador, Luanda, Maputo, Ormuz, Calecute, Malaca, Timor e Macau.

 

 Quando a coisa deu para o torto, ficou nas lonas só com um pacote de pimenta para recordação e resolveu ir afogar as mágoas, provocando a malta de Alcácer-Quibir para uma cena de estalo. Felizmente, tinha um primo, o Filipe, que não se importou de tomar conta do estaminé até chegar outro João que enriqueceu com o pilim que uma tia lhe mandava do Brasil e acabou por gastar tudo em conventos e aquedutos.

 

 Com conventos a mais e dinheiro menos, as coisas lá se iam aguentando até começar tudo a abanar numa manhã de Novembro. Muita coisa se partiu. Mas sem gravidade porque, passado pouco tempo, já estava tudo arranjado outra vez, graças a um mânfio chamado Sebastião que tinha jeito para o bricolage e não era mau tipo apesar das perucas um bocado amaricadas.

 

Foi por essa altura que o Napoleão bateu à porta a perguntar se o Pedro podia vir brincar e o irmão mais novo, o Miguel, teve uma crise de ciúmes e tratou de armar confusão que só acabou quando levou um valente puxão de orelhas do mano que já ia a caminho do Brasil para tratar de uns negócios.

 

 A malta começou a votar mas as coisas não melhoraram grande coisa e foi por isso que um Carlos anafado levou um tiro nos coiratos quando passeava de carroça pelo Terreiro do Paço. O pessoal assustou-se com o barulho e escondeu-se num buraco na Flandres onde continuaram a ouvir tiros mas apontados a eles e disparados por alemães.

 

Ao intervalo, já perdiam por muitos mas o desafio não chegou ao fim porque uma tipa vestida de branco apareceu a flutuar por cima de uma azinheira e três pastores deram primeiro em doidos, depois em mortos e mais tarde em beatos.

 

 Se não fosse por um velhote das Beiras, a confusão tinha continuado mas, felizmente, não continuou e Angola continuava a ser nossa mesmo que andassem para aí a espalhar boatos. Comunistas dum camandro! Tanto insistiram que o velhote se mandou do cadeirão abaixo e houve rebaldaria tamanha que foi preciso pôr um chaimite e um molho cravos em cima do assunto.

 

Depois parece que houve um Mário qualquer que assinou um papel que nos pôs na Europa e ainda teve tempo para transformar uma lixeira numa exposição mundial e mamar duas secas da Grécia na final.

 

E o Cavaco?

 

O Cavaco foi com o Pai Natal e o palhaço no comboio ao circo.

 

FIM

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 16:42

Curiosidades - "História" - As 7 Maravilhas do Mundo Moderno

Quinta-feira, 25.03.10

Muralha da China

 A grande muralha da China foi construída durante várias dinastias da China imperial e demorou cerca de dois mil anos para ficar pronta. A muralha não constitui um muro único, e sim várias partes que se estendem por cerca de cinco mil quilômetros.

A sua função no passado foi de proteger o império Chinês, principalmente da invasão dos Mongóis (etnia que habitava a Mongólia). Cada parte da muralha é constituída por um tipo diferente de material, desde tijolos a granito. Ela ficou pronta no apogeu do império Chinês, na Dinastia Ming, no século XV.

 

Ruínas de Petra

A “cidade de pedra” de Petra é uma das mais famosas escavações arqueológicas do mundo e está localizada na Jordânia, que faz fronteira com Israel.

A fachada principal possui 42 metros de altura e 30 metros de comprimento e foi esculpida em pedra rosada. Os arqueólogos dizem que a cidade foi esculpida devido aos grandes terremotos que abalavam a região e sempre destruíam as casas dos moradores.

 

Cristo Redentor

A estátua do Cristo Redentor está localizada na cidade do Rio de Janeiro, no topo do morro do Corcovado, a 709 metros acima do nível do mar. Ela possui 38 metros de altura, sendo 8 em cima de um pedestal. O Cristo Redentor foi inaugurado no dia 12 de outubro de 1931, dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil.

Um padre católico propôs a idéia de construir um monumento religioso no local para a Princesa Isabel em 1859. Mas a idéia só foi finalmente colocada em prática no ano de 1921, em comemoração ao centenário da independência brasileira.

 

Machu Picchu

A cidade dos Incas, Machu Picchu, está localizada no Peru, no topo de uma montanha a 2400 metros de altitude. A beleza arquitetônica e sua localização a transformaram em uma das ruínas mais belas do mundo.

Dizem os historiadores, que a função da cidade era de observar os demais territórios conquistados (por isso ela foi construída em cima de uma alta montanha) e de abrigar o líder do império Inca em caso de ataques de povos inimigos.

Chichén Itzá

A capital do império Maia, Chichén Itzá, está localizada no México e é a principal representação do desenvolvimento arquitetônico desta civilização pré-colombiana. A cidade foi o centro político e econômico dos Maias. A pirâmide de Kukulcán é o símbolo maior da cidade e o monumento mais visitado pelos turistas.

Coliseu

O grande anfiteatro e arena de batalhas conhecido como Coliseu está localizado na cidade italiana de Roma e foi o grande símbolo do Império Romano. Nos tempos áureos, o Coliseu chegou a abrigar cerca de 50.000 espectadores. Ele possui 48 metros de altura e demorou cerca de 10 anos para ser construído.

O Coliseu foi construído para ser o maior palco do Império Romano e principalmente para distrair uma população pobre que habitava a cidade, com duelos entre gladiadores e animais, que representavam a política de “pão e circo” de Roma.

Taj Mahal

O Taj Mahal é um mausoléu e está localizado na Índia. Ele foi construído pelo imperador Shah Jahan em memória a sua esposa falecida. O monumento demorou cerca de 20 anos para ficar pronto e é constituído quase que totalmente por mármore branco. O Taj Mahal é considerado a maior prova de amor do mundo, sendo visitado freqüentemente por milhares de pessoas.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por Rastr às 21:56







comentários recentes